FENIX DA ESTRADA

FENIX DA ESTRADA
INÍCIO DE TUDO - BYE BYE MOTOCLUBE GATOS DA ESTRADA 2006 - SETE LAGOAS - MG. Na foto (Rodrigo - Anônimos do Asfalto - Roberto Manoel e Ana Paula - Fenix da Estrada)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

ESCRITO POR JOÃO TADEU BOCCOLI (MOTONAUTA)

Moto Bullying … eu fui vitima !

Manhã fresca, ar seco, céu claro e azul … pista quase que vazia !
Um quadro perfeito para uma manhã de domingo, com restrições familiares para horário de retorno.
Não tinha tempo para um longo trajeto, e como bom motociclista paulista, uma das “praias” mais próximas é o Serra Azul no km 72 da Rodovia Bandeirantes. Dito e feito … e moto na pista.
Logo após a barreira montada pelos rodoviários no primeiro posto da estrada, tudo livre sem nenhuma coisa que chamasse a atenção que não fosse a paisagem.
Vez por outra um grupo de “speedeiros” passavam na pista da esquerda sem esconder a cavalaria de seus reluzentes bólidos.
Eu, tranqüilo, querendo curar meu stress semanal, na pista da direita imprimindo algo variando entre 80 e 100 km/h.
De repente … do nada … 4 motos esportivas em altíssima velocidade passam por mim, duas de cada lado, numa  manobra muito perigosa, muito próximo da minha moto … o deslocamento de ar foi enorme ! Somente o zumbido dos motores foram perceptíveis … cores, modelos, marcas … nem pensar.
Encostei e meditei o tempo suficiente para minhas pernas pararem de tremer … Por que isso? Por que tamanha proximidade? Por que tamanho risco ?
Essas questões invadiram minha mente enquanto continuava minha ida ao tão desejado café.

“Fui vitima de moto bullying !”
Lá chegando encontrei uma enorme quantidade de motos; nunca havia visto tantas numa única manhã. Comentei o ocorrido com alguns colegas, e quase que unânimes afirmaram que essa prática vem aumentando.
Bem … falar que aceito, nem pensar … mas imagino o quão desnecessário é passar por esse tipo de situação.
Será que a vida perdeu o valor ? Será que se divertir tem que ter componentes de violência  e risco ?
Diferentemente ao colocado na mídia, quem vem fazendo isso não trabalha com a motocicleta. São indivíduos num degrau sócio-econômico diferenciado; talvez até “fazedores de opinião”. Mas são também indivíduos criminosos, que denigrem seu pares e que demonstram ter desvios psicológicos !
Se você que me lê neste momento se enquadra no que estou relatando, saiba que eu simplesmente gostaria de viver … de viver MUITO. Pare de fazer isso urgentemente.
Escolha outra maneira para se matar que não carregue alguém junto … eu respeito meu próximo, eu respeito as leis, eu respeito a vida, e eu quero retornar ao seio de minha família são e salvo …
Papo piegas ? … Não, inconformismo mesmo. Enquanto andava olhava cada rosto; cada jovem ou velho que via, via o possível piloto kamikaze. Via também mais um possivel número engordando as estatísticas da periculosidade da motocicleta.
Motos não são perigosas … as pessoas são.
Curta sua motocicleta sempre … seja feliz sem moderação … celebre sempre a vida … respeite as pessoas que lhe tem amor … busque ter uma VIDA LONGA, pois ”A maior aventura de um motociclista, ele alcança somente quando morre de velhice !”

Ps : Bullying -
O seu significado vem do inglês e quer dizer amedrontar.


João Tadeu Boccoli
Editor Chefe do Jornal Web MOTONAUTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário